Arquivo de Tag | carnaval

Cara de tacho

Cara de tacho

Moro em São Carlos faz 5 anos, e nesse tempo raros foram os domingos que não passei a tarde na Praça XV. Cães e seus donos, tapioca, chorinho, banca de revistas, artesanato, cheiro de pão fresco da Guanabara… Quem é Sancarlense sabe do que falo.

Domingo também é dia de ligar pra mãe, e de começar a conversa assim “Oi mãe! To vindo da Praça XV e comi UMA TAPIOCA!!! E você precisava ver um tapete de crochê entrelaçado…”

Bom, hoje consegui reunir meus dois rituais de domingo, mamãe veio passar o fim de semana aqui (milagre!), então a levei para comer tapioca… Mas ao chegar lá… CADÊ A TAPIOCA??? E os cães, crochês, livreiros, tocadores de chorinho??? Uma praça vazia!! E uma cara de tacho: a minha!

Mamãe ficou decepcionada, mas tentou disfarçar, tadinha. Fui informada por uma transeunte que as bancas de quitutes estavam na rodoviária esperando a escola de samba chegar. Quanto à feira de artesanato? Está de férias! Acredite, a feira está de férias.

Voltamos para casa, assistir “qualéamúsica”, já que insisti que fôssemos à pé, para curtir a vista, e ir à pé até a rodoviária é inviável. Por mais que a Tapioca da Bahiana seja de comer rezando.

Sou meio retrógrada, antiga… Tenho minhas manias sistemáticas… E fico deveras incomodada quando minha rotina é quebrada por um evento externo (o carnaval, ele, mais uma vez). Acho que só me recupero da cara de tacho na próxima visita de mamãe que eu puder levá-la comer tapioca.

Carnaval

carnaval

Carnaval, carnaval, carnaval. Eu fico triste quando chega o carnaval.
Luís Melodia

Carnaval. Não podia faltar aqui um post com minha indignação a essa vergonha nacional. Estava escrevendo um post reclamento, como os de sempre, quando chegou um mail da Mara. Vou postar a mensagem aqui, obrigada Linda!

Carnaval

O Brasil é um país de inúmeras festas.

É assombroso o número de feriados no calendário anual. Mas, se somarmos os dias que são emendados, teremos ao longo do ano, mais de quinze dias parados. Segundo especialistas do assunto, os prejuízos são enormes para o País.

Agora, nesta época, temos o feriado de carnaval. Em alguns lugares perde-se mais de uma semana de trabalho.

É o festejo da alegria num País de quase 40 milhões de miseráveis.

Desde o início de janeiro a mídia vem explorando as folias de Momo, como se fosse o acontecimento mais importante do ano. Fala-se em alegria, festa, colocar para fora as angústias contidas durante o ano passado. Infelizmente os caminhos propostos nada têm a ver com alegria ou alívio de tensões.

Ligamos a televisão e ouvimos a batida repetitiva das escolas de samba, cujo valor folclórico e cultural foi lentamente sendo perdido. Há muita gente que busca fazer do carnaval um momento de esperança, oportunizando empregos, abrigando menores e isso é muito valioso. A ilusão de grandeza, que falsamente produz um imenso contraste entre a beleza da avenida e a subvida dos barracos.

Falamos da sensualidade que se torna material de venda, nos corpos desnudos e aparentemente felizes por fora, mas muitas vezes profundamente infelizes por dentro.

As emissoras não cansam de exibir os bailes, os concursos de fantasias, os desfiles, levando-os a todos os que se comprazem em observar a loucura.

Continuar lendo

Já é Carnaval?!?!?!!!

Já é Carnaval, ontem mesmo era “ano novo”! O ano ta acabando!!!! Desespero!!! hehehe

Credo, essa coisa do Carnaval ser “mais cedo” neste ano nos faz ter a impressão de que o tempo está passando mais rápido. Isso reafirma a teoria da relatividade (huahuahua – não leia isso) e o porque de o tempo demorar tanto a passar quando estamos trabalhando e voar quando estamos alegres e contentes com os amigos.

E a culpa é da Igreja, já que a data é calculada pela data da Páscoa. Olhe abaixo o que descobri no wikipedia:

Cálculo do dia de Carnaval

Todos os feriados eclesiásticos são calculados em função da data da Páscoa. Como o domingo de Páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verificar a partir de 21 de março, e a sexta-feira da Paixão é a que antecede o Domingo de Páscoa, então a terça-feira de Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa e a quinta-feira do Corpo de Cristo ocorre 60 dias após a Páscoa.

Cálculo da Páscoa

A Páscoa é celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio da Primavera (no hemisfério norte, outono no hemisfério sul), ou seja, é equivalente à antiga regra de que seria o primeiro Domingo após o 14º dia do mês lunar de Nisan. Poderá assim ocorrer entre 22 de Março e 25 de Abril.