Arquivo de Tag | jornal

Madonna, chuva e imprensa no Brasil

Madonna

Madonna

Eu queria muuuuuuito ir ao show da Madonna em Sampa… Especialmente na quinta, meu niver, já pensou que máximo??

Mas o que me trouxe aqui foi algo hilário que li no estadão hoje… Eu tava procurando notícias sobre os shows do Rio e me deparei com o excerto abaixo. Tipo, é a caaaaaaaaaaara da Globo maquiar tudo e fazer o mundo (dela) parecer perfeito…

Leia a matéria na íntegra aqui.

É curioso como a mídia (a televisiva principalmente) tentou tapar a chuva com a peneira, minimizando os transtornos que ela provocou, no primeiro show, para quem ficou mais de duas horas tomando banho sem parar. Os sorridentes âncoras dos telejornais disseram que a chuva “não chegou a atrapalhar” a estréia da popstar no Maracanã. Queria ver se diriam o mesmo se estivessem encharcados no gramado. O pé-d’água atrapalhou sim, e muito. Tanto é que a cantora escorregou e caiu duas vezes, teve de cantar debaixo de guarda-chuva e várias vezes assistentes de palco interferiam na cena puxando com rodo a água que se acumulava na passarela.

Imagine a cena, o povão se afogando e o repórter sequinho falando… PIOR AINDA!!! Os caras passando o RODO no palco e o repórter sorrindo “Nem notamos que estáva chovendo!” hehehe

Eita mundo weird.

Superinteressante liberada para leitura virtual!

Ótima notícia para os loucos por informação!

Os editores da Revista Super Interessante, em um gesto incomum, liberaram, para leitura e consulta, todo o conteúdo das edições antigas da revista, de 1988 a 2006, em comemoração aos 20 anos de existência da revista. Abaixo um comentário da revista sobre o Superarquivo.

20 anos de Super
A Superinteressante oferece todo o seu acervo de textos gratuitamente! São mais de 12 mil páginas com as matérias de capa e algumas das seções que construíram a história da revista. Em breve, todos os especiais, o restante das seções e o conteúdo integral das edições em 2005 e 2006 também estarão disponíveis. Só mesmo uma revista tão Super poderia fazer isso!

Acesse aqui. 😉

Cem melhores crônicas: Mário Prata

Add to Technorati Favorites

Mário PrataComecei a me empolgar com blogs quando passei a publicar crônicas. E sempre tinha uma do Mário Prata, religiosamente às quartas-feiras.

Mas um dia o Pratinha resolveu parar de escrever ao Estadão semanalmente, após 15 anos, e eu desanimei delas. Tentei Cony, mas chateei-me l0go. Tenho ainda uma pasta de plásticos com as crônicas de quarta-feira do Mário da época que eu lia jornal de papel. Recortava e guardava todas.

As que escrevo não tenho tanta coragem de publicar… Só quando eu tiver certeza de que ninguém que conheço lê essa porcaria aqui, hehehe. Rata de internet que sou, sei que isso é praticamente impossível. Só se eu tivesse um segunda personalidade mesmo. Carrego um caderninho comigo. Chamo-de de “cache”. Tenho um “volume inteiro” de “Crônicas de Rodoviária”. Você não acredita o tanto de histórias cotidianas que acontecem nas rodoviárias… Qualquer dia publico uma aqui.

escritorO que me fez gostar de ler e escrever as tais crônicas foi um trabalho de faculdade que fiz aos 17 anos para uma vizinha. Ridículo isso, mas ela me pagou ($50 na época, acho) para que lesse uma dúzia de livros do Mário e escrevesse uma monografia sobre Crônicas. Gostaria de passar a vida ganhando $$ assim! Lendo livros e escrevendo sobre eles. Alguém aí ta a fim de pagar? 😉 Na época, eu sem entender nada de monografia, escrita científica e principalmente Literatura, consegui um 10 para a preguiçosa.

Deixo indicado uma coletânea do Mário, lançado no fim do ano passado:

CEM MELHORES CRÔNICAS, Mário Prata, Editora: PLANETA DO BRASIL, 376 páginas
Compilado pelo próprio autor, ‘Cem melhores crônicas’ – que, na verdade, são 129 – dá uma grande idéia das características do texto de Prata que o fizeram um dos escritores de mais sucesso no Brasil. Sexo, mulher, futebol, entre outros temas, são abordados com a maestria de quem aglutina humor, crítica e uma boa história para prender o leitor do início ao fim.

Não esqueça de ver o valor do frete, nem sempre compensa comprar na net. Estou juntando meu $$ pra comprar o meu, se já leu contaê como é. Este mês a $ ta curtinha. 😉

ouvindo: “Saudosa Maloca”